Rio das Almas em Ceres e Rialma agoniza e pede socorro

By
Updated: setembro 4, 2017

O Rio das Almas é um dos principais rios de Goiás e está localizado nos municípios de Ceres, Rialma, Nova Glória, Jaraguá e Pirenópolis. Sua nascente é no limite do Parque Estadual da Serra dos Pireneus, no município de Pirenópolis. Segue seu curso no sentido sul-norte e compõe a bacia do Tocantins. Este rio desempenha um forte papel na produção irrigações de Canas, Melancias e grãos no Estado, abastecendo a população com água tratada pela Saneago as cidades de Ceres, Rialma, Nova Glória.

Entretanto, com a época de estiagem o Rio das Almas chegou em uma situação alarmante. Em seu leito já não corre água como antigamente, é o que relata os moradores locais. “Tem muitos córregos por ai que tem mais água do que estamos vendo hoje no Rio das Almas. E ainda estamos somente no mês de Setembro. E quando chegar outubro, o que será deste rio? Não vai ter água!”, conclui o leitor.

De acordo com o relato do aposentado João, não é somente a estiagem que está comprometendo a preservação do Rio das Almas, mas também a captação de água para irrigação. “Acima tem dezenas de bombas de grande porte que estão captando água para irrigar canas, melancia e vários outros tipos de plantas. Então, acho que alguém tem que tomar uma providência. Tá certo que precisamos de alimento, mas temos que tomar alguma providência porque isto aqui não está certo, fica o alerta para as autoridades”. Explica João.

Nos vídeos e imagens publicadas por nossa equipe na tarde deste sábado (02/09), se vê claramente a redução drástica do volume de água do leito do Rio das Almas, remanescendo somente grandes blocos de pedras e areia. Se nada for feito urgentemente, no auge da seca o rio poderá desaparecer por completo em muitos trechos da bacia.

A seca do Rio das Almas está causando preocupação e já está impactando diretamente na vida de muitos ceresinos. Nós precisamos ficar prontos caso o cenário não mudar, pois com certeza haverá falta de água nas torneiras da população.

Fonte: Valle Noticias